A ciência por trás dos 18 minutos de apresentação do TED

Uma apresentação do TED muda o mundo. Com ciência por trás. Desde o surgimento do TED, muitos palestrantes sentiram-se obrigados a mudarem suas tradicionais apresentações a começar pela forma de se comunicarem. Enfocando mais na mensagem e preocupando-se com o encanto da audiência. Apenas transmitir uma informação não bastava. Era preciso fazer com que todos que o assistissem realmente se importassem com aquela apresentação, assim como com quem a apresentasse.

Então, existe uma ciência por trás do tempo de uma apresentação do TED?

Antigamente o tempo médio de uma palestra era 1h30 e as pessoas pareciam satisfeitas, ou eram infelizes e não sabiam. Penso nisso graças à célebre frase “as pessoas não sabem o que querem até ver” de Steve Jobs. Eis que surgiu o TED promovendo palestras com, no máximo, 18 minutos de duração. E muitos buscaram entender como criar uma apresentação do TED.

Muitos acharam um absurdo, alguns continuam achando, mas esse método funciona. Saiba que, diariamente, mais de dois milhões de streamings são realizados diariamente no canal oficial do TED. Se a voz do povo é a voz de Deus, está na hora de você mudar de ideia e refletir sobre o assunto. Sabe por que funciona? Porque nós, seres humanos, não conseguimos reter atenção por mais de 18 minutos.

Cientistas tem estudado o poder de concentração do ser humano. E chegaram ao resultado de que a faixa de tempo de concentração dura entre 10 e 18 minutos. Justiça seja feita, as apresentações deveriam se encaixar nesse padrão de tempo, não? Felizmente algumas empresas estão mudando sua forma de se comunicar em apresentações. Mas ainda há muito para mudar. E entender o funcionamento de uma apresentação do TED é o segredo.

Apresentação do TED e a atenção da plateia

Nosso cérebro consome oxigênio, glucose e sangue. Cada informação que recebemos, milhares de neurônios começam a trabalhar, gastando energia e entrando em fadiga e exaustão. Dada essa informação, creio que seja uma forma de cuidar da saúde não participar mais de palestras com uma hora de duração.

Outro estudo, conduzido por Dr. Paul King, aponta que estudantes conseguem reter mais informação quando vão à escola três vezes por semana por 50 minutos do que uma vez por semana por três horas.

Mas como eu poderei falar tudo em 18 minutos?

De acordo com Chris Anderson, curador do TED, 18 minutos é longo suficiente para manter-se sério e curto suficiente para reter a atenção da audiência. De acordo com Carmine Gallo, muita coisa pode acontecer nesse tempo, e nós podemos concordar com ele. O discurso de Steve Jobs na Universidade de Stanford, por exemplo, e certamente você chegou a compartilhar em suas redes sociais, foi feito em 15 minutos. Poderia estar no hall da fama de apresentação do TED.

Tempo não é unidade de medida de poder da sua mensagem, e muito pode ser feito com pouco. Menos é mais, muito mais.

 

Foto: Flickr TED