O que é um documentário animado?

Há um tempo atrás esse era um formato completamente impensável. Afinal, como traduzir temas da realidade através de um documentário animado? Tínhamos a plena certeza de que, para ter credibilidade, a estética de um documentário deveria ser a filmagem. Mas essa percepção mudou. E o documentário animado é cada vez mais realidade.

Vamos entender, nas próximas linhas, é o que define um documentário animado e como esse estilo ganhou popularidade com o tempo. Tanto na TV, como em serviços de streaming e em documentários corporativos.

O que é um documentário animado?

Antes de entendermos o que é um documentário animado, vamos começar definindo o que é um documentário. E existem alguns pensamentos bastantes diferentes sobre o tema. Por exemplo, para o pesquisador Fernão Pessoa Ramos, “documentário é uma narrativa com imagens-câmera que estabelece asserções sobre o mundo, na medida em que haja um espectador que receba essa narrativa como asserção sobre o mundo”.

Mesmo sendo uma definição muito acadêmica de o que é um documentário animado, podemos vamos focar nesse conceito de asserção. Ele foi proposto por Noël Carroll, e conclui que o que caracteriza o documentário é o fato de o espectador pressupor que está articulando asserções verdadeiras. Ramos também defende que a imagem-câmera é a base sobre a qual se sustenta a narrativa documental. Mas, olhem só que bacana: ele acrescenta que, no documentário, essa narrativa também pode vir acompanhada de imagens de animação. E era isso que nós precisávamos para definir o que é um documentário animado.

A relação do documentário com o mundo

Em semelhante posição, Bill Nichols afirma que, diante de um documentário, pressupomos seu status de não ficção e a referência que ele faz ao mundo histórico. Portanto, ele se opõe à ficção, que se refere a um mundo imaginado pelo cineasta.

Assim sendo, Nichols define o documentário como uma representação do mundo. Isto é, um tipo de filme que sustenta um argumento, uma afirmação sobre a sociedade em que vivemos. Sendo que essa relação com o mundo histórico é o que o diferencia do filme de ficção.

Assim sendo, concordando então com Fernão Pessoa Ramos e com Bill Nichols, o que distingue o filme documentário do filme de ficção é, primeiramente, sua proposta como um filme. Esta oferece asserções sobre o mundo através de um discurso, isto é, de uma representação sobre um determinado tema.

Além dessa questão, podemos colocar que a distinção entre um filme ficcional e um filme não ficcional não está baseada em elementos manifestos, ou seja, aqueles intrínsecos do filme, como os recursos estilísticos utilizados, mas ela se manifesta através de propriedades relacionais, como a forma como o filme é rotulado pelo realizador.

O Documentário e sua proposta para o mundo

Compreendemos então que, a definição de um filme como “documentário” está baseada no compromisso ou na relação que o filme estabelece com o mundo. Não é, portanto, a utilização de recursos estilísticos próprios da narrativa ficcional que define o estatuto do filme. No entanto, segundo Carroll, “a distinção entre não ficção e ficção é a distinção entre os compromissos dos textos, não entre as estruturas da superfície dos textos”

Portanto, entendemos o que define um documentário. E, já que não é a estética, o nosso documentário animado está salvo! Portanto, resta diferenciar o documentário animado dos outros tipos de filme documentário, ou mesmo dos outros tipos de filme de animação.

Portanto, o que difere o documentário animado é que, nesse caso, o uso da animação está ligado ao tipo de representação que se faz do mundo. E a animação domina a estética da narrativa. Mas isso não quer dizer que ele representa algo irreal. Ele continua representando o mundo, porém sob uma visão realista. Podemos considerar que, no documentário animado, é por meio da animação que o filme propõe o conteúdo proposicional assertivo De uma forma que não seria possível através do uso exclusivo de imagens de captação e filmagem.

Para concluir, o que determina a realidade em um documentário não é a sua estética. E sim a sua relação com o mundo e com o público. Então, é sempre interessante buscar inovar nessa questão. Não precisamos sempre fazer documentários da mesma forma. Podemos trabalhar com estéticas diferentes e, ainda assim, nos mantermos em posição realista.

Hey! Nós podemos fazer o seu documentário animado. Afinal, somos uma agência de Motion Design. Apaixonados por movimento, criamos vídeos, animações e apresentações com planejamento, roteiro, design e animações sob nossa metodologia única do Design em Movimento.

Conte com a MonkeyBusiness. Planejamos, roteirizamos, criamos e produzimos vídeos e apresentações inteligentes, criativos e mais eficientes. E não importa o visual ou o formato. Seja em animações, filmagens, ilustrações animadas ou qualquer outro. Concluindo: criamos para clientes que buscam se comunicar através do design em movimento.

Portanto, Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações, transformando conteúdo corporativo em resultados. Assim, estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre seu próximo vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: sua Agência de Motion Design

Somos uma agência de apresentações profissionais e uma criadora e produtora de vídeos. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente e inteligente: em apresentações, animações, vídeos ou qualquer outra plataforma.www.monkeybusiness.com.br