Os 3 Pilares do Motion Graphics

Somos uma agência de Motion Graphics. E por isso, buscamos conhecer cada vez mais sobre o impacto do movimento na comunicação. Sabemos que hoje, o vídeo é a melhor forma de comunicação do mercado. Mas ele não precisa ser somente como um produto de captação, com atores ou depoimentos de executivos. O vídeo pode ser uma animação em motion graphics. Afinal, colocar o design em movimento é trazer o design à vida.

Assim, vamos entender 3 diretrizes importantes para o Motion Graphics:

 

01. Todo Movimento tem um propósito

Trabalhar com comunicação em movimento, assim como com Motion Graphics nos dá uma outra perspectiva da comunicação. Isso porque o mercado busca animações e movimentos. Mas eles não podem estar lá apenas por estarem. Precisam ter um sentido. Assim, toda animação em Motion Graphics tem um propósito.

E não existe apenas um propósito. Quando falamos da criação de animações corporativas, os propósitos são inumeráveis. Em primeiro lugar, o movimento tem o propósito de transformar aquela peça de comunicação em uma experiência imersiva. Esse movimento também pode ser usado para manter alguém envolvido durante o carregamento de uma página, jogo ou aplicativo. Outra finalidade do movimento no conteúdo pode ser educacional: explicar dinamicamente os elementos e como eles interagem entre si.

Mais do que isso. Podemos ir além nos propósitos do Motion Graphics em uma peça de comunicação. Veja:

a) O movimento direciona o olhar e dá foco nas informações que realmente importam.

b) O movimento deixa clara a relação entre diferentes objetos e situações de interação entre eles.

c) O movimento tem o poder de atrair a atenção para ações criticamente importantes nessa peça de comunicação. Ele dá pausa e gera tensão para que o especatdor entenda melhor a peça.

d) Como falamos anteriormente, o movimento também é empregado para criar um padrão de expectativa para um objeto em específico.

Primeiramente, como uma agência focada em comunicação em movimento, somos leais e adoramos o motion graphics. Mas, por mais que adoremos criar peças novas e ousar na animação de todas elas, temos que ter os pés no chão e sempre nos lembrar que todo movimento tem um propósito para acontecer.

Dessa forma ao se trabalhar com animações corporativas dos clientes, é essencial conhecer as razões tangíveis para adicionar movimento a qualquer elemento. Quer seja um direcionamento de olhar, o tempo para revelar uma informação, etc. O simples “porque parece ótimo” não é justificativa suficiente. Como defendemos, toda animação tem um sentido.

02. O Motion Graphics deve ser planejado antecipadamente

Ao entender que todo movimento em uma animação corporativa (ou qualquer outra, na verdade) tem um sentido, parece simples pensar que esse movimento deve ter sido planejado previamente. Sim, meus caros, é o planejamento da animação que faz a diferença para a eficiência ou não de uma peça em motion graphics. Assim sendo, sabemos que ele não pode ser simplesmente adicionado no final do processo de criação como um “algo a mais”.

Desse jeito, o movimento influenciará diretamente todos os aspectos de comunicação de uma peça animada. Seja ela uma vinheta, vídeo captado, motion graphics e até apresentações profissionais em vídeo. E, portanto, precisa ser integrado aos estágios iniciais de planejamento desse mesmo motion graphics.

 

03. Motion Graphics é o futuro do design

O movimento já se tornou uma expectativa entre os usuários. Nós vivemos isso todos os dias. O Mercado já não aceita peças estáticas. Nós começamos criando apresentações em 2009 e hoje chegamos ao ponto máximo delas, colocando vídeos e animações complexas. Slide a slide. Portanto, isso nos gabaritou para começar a criar somente os vídeos e animações sem precisarem estar em uma apresentação necessariamente. Afinal, somos criaturas visuais e somos estimulados pelo movimento.

Isso é destacado pelo crescimento onipresente do vídeo em redes sociais (até o LinedIn começou a incorporar vídeos em seu feed) e a popularidade dos GIFs na cultura digital dominante. Enfim, Não é a toa que toda comunicação passou a ser em Motion Graphics.

Concluindo, coloque a sua comunicação corporativa em direção aos vídeos e ao motion graphics. São neles que mora o futuro. Esqueça o impresso e assuma o digital. E animado.

Hey! Nós podemos fazer o seu Motion Graphics. Afinal, somos uma agência de Motion Design. Apaixonados por movimento, criamos vídeos, animações e apresentações com planejamento, roteiro, design e animações sob nossa metodologia única do Design em Movimento.

Conte com a MonkeyBusiness. Planejamos, roteirizamos, criamos e produzimos vídeos e apresentações inteligentes, criativos e mais eficientes. E não importa o visual ou o formato. Seja em animações, filmagens, ilustrações animadas ou qualquer outro. Concluindo: criamos para clientes que buscam se comunicar através do design em movimento.
Portanto, Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações, transformando conteúdo corporativo em resultados. Assim, estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre seu próximo vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: sua Agência de Motion Design

Somos uma agência de apresentações profissionais e uma criadora e produtora de vídeos. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente e inteligente: em apresentações, animações, vídeos ou qualquer outra plataforma. www.monkeybusiness.com.br