Vídeos e animações: símbolos de resiliência da espécie humana

A proposta do artigo de hoje é que avancemos alguns anos à frente do nosso próprio tempo. O intuito é que possamos perceber que, cada vez mais, os nossos pensamentos e ações estão intrinsecamente ligados aos avanços da tecnologia e às constantes imprevisibilidades do mundo que nos rodeia – e que é exatamente isso o que nos faz avançar, sempre. No nosso caso, 

Imagine o seguinte cenário:

Algumas décadas se passaram desde a primeira grande revolução tecnológica. Muitos se lembravam com carinho daqueles anos efervescentes de iluminação intelectual, de engenharias mirabolantes e da materialização de conceitos improváveis – que até então pareciam destinados a existir apenas nos filmes de ficção científica. Naquela época, nada parecia capaz de abalar a evolução desenfreada de uma das maiores dádivas da espécie humana: a capacidade de invenção.

As mentes mais inventivas daquele tempo pertenciam àquelas pessoas inconformadas com as limitações impostas pelas altas hierarquias conservadoras. Contra o engessamento reminiscente de um passado avesso a inovações, essas mentes brilhantes trabalhavam incansavelmente pela renovação de práticas que pareciam fadadas à obsolescência – tais como as apresentações.

Fossem elas comerciais ou institucionais; destinadas a alinhamentos internos, convenções ou quaisquer outros objetivos, as apresentações eram vistas pelos agentes da inovação como algo que poderia ser completamente absorvido pelo espírito da mudança. Mas que, ao contrário, acabavam limitadas às suas capacidades básicas – leia-se: servir como um elemento complementar de uma apresentação que ocorre em um certo espaço, durante um certo tempo e que se destina a um determinado número de pessoas.

O momento das apresentações se transformarem em vídeos e apresentações

Até certo ponto, as apresentações conseguiram driblar determinados engessamentos. Muitas delas – sobretudo aquelas confeccionadas por empresas especializadas no assunto, como a MonkeyBusiness – foram capazes de fugir à regra e adicionaram um tempero a mais ao mundo corporativo. Mas era sabido por todos que o potencial das apresentações poderia ir muito além.

Os anos passaram… e como naturalmente acontece a todos os corpos celestes – o nosso mundo passou a apresentar inconstâncias graduais, que variavam em magnitude e influência nos modos de vida da população.

Mas eventualmente, chegou o momento que as mudanças do comportamento terrestre deixaram de ser vistas como um problema. Afinal, as maiores conquistas da humanidade surgiram em meio a períodos de grandes dificuldades.

A capacidade de invenção atribuída à espécie humana é diretamente ligada a um instinto de resiliência, e à percepção de que a nossa capacidade de abstração e raciocínio – quando em contato com as nossas mais profundas nuances emocionais – são precisamente os elementos que permitem a manutenção da nossa existência através dos séculos.

Uma nova perspectiva paras as apresentações

No caso das apresentações, não foi diferente. Mesmo tendo sido cercadas por uma percepção errônea de que jamais poderiam ser exploradas em outros formatos, elas encontraram, em meio às eventuais intempéries do mundo, uma nova perspectiva.

Durante um breve período, no qual todos tiveram suas realidades confinadas, surgiu uma nova ideia de como as apresentações poderiam ser ressignificadas a fim de que continuassem atendendo aos seus objetivos primários.

Os mais céticos demonstraram suas ressalvas. Uma nova forma de apresentar seus produtos, serviços e demais expertises de negócios seria “um sonho impossível”, segundo eles.

A introdução dos vídeos e animações

Mas as circunstâncias demonstraram o contrário.

Isso porque o período de crise foi utilizado pelas mentes mais inovadoras como uma oportunidade de incentivar novos formatos e linguagens. De mostrar que a comunicação pode ir muito além das telas e dos efeitos aplicados a elas. Que a efetividade de uma mensagem não depende de uma sala cheia de pessoas, e sim de sua capacidade de gerar reflexão e incentivar o diálogo.

Se existe uma coisa que os períodos mais desafiadores do mundo moderno nos mostraram, é que estar presente não significa, necessariamente, estar perto fisicamente.

Quase sempre, utilizamos a tecnologia a nosso favor. E isso é especialmente visível nos formatos alternativos de comunicação. No lugar das apresentações, os vídeos e animações surgiram como maneiras práticas e muito eficientes de entregar a mensagem aos interlocutores. Ao mesmo tempo que expressam os objetivos de alguém, esses dois formatos são dotados de uma enorme versatilidade, e exercem pelo menos uma grande vantagem sobre as apresentações tradicionais: a de guiar-se pelo caminho do mundo dos sonhos para falar sobre algo muito real.

As vantagens e diferenciais dos vídeos e animações

Os vídeos e animações se comunicam tão bem com o interlocutor porque todo interlocutor é dotado da capacidade de sonhar. Todas as cores, personagens e histórias construídas através dos vídeos e animações, conseguem ir muito além do caráter objetivo de uma apresentação tradicional. A estes formatos, é adicionado um fator de pessoalidade que os outros formatos não têm.

Justamente por esse diferencial, aquele período de confinamento provisório citado alguns parágrafos atrás, foi driblado e vencido graças à inovação inerente aos vídeos e animações E ao contrário do que muitos pensavam, esses novos formatos não afastaram as pessoas. Muito pelo contrário. Eles mostraram que todos nós temos muito mais em comum do que podemos imaginar – sobretudo quando o assunto é sonhar.

E foi a partir daí, de um período de aparente caos e dificuldade, que ficou claro o fato de que a humanidade estava mais unida do que nunca. E que graças ao nosso espírito resiliente e inovador, ainda teríamos muitos e muitos anos para continuar evoluindo, fazendo diferente e caminhando em direção a possibilidades ainda melhores.

 

Somos a MonkeyBusiness. Estúdio de Animação. Produtora de Vídeo. Agência de Apresentações Criativas. Apaixonados pelo poder de comunicação do Motion Design e especialistas em vídeos e animações.

Conte com a MonkeyBusiness. Planejamos, roteirizamos, criamos e produzimos animações, vídeos e apresentações inteligentes, criativos e mais eficientes. E não importa o visual ou o formato. Nós criamos para empresas e profissionais que buscam se comunicar através do design em movimento.
Portanto, Temos times de atendimento, planejamento, roteiro, direção de arte e motion design. Todos eles dedicados a criar vídeos, animações e apresentações, transformando conteúdo corporativo em resultados. Assim, estamos prontos para trabalhar no seu próximo projeto em Motion Design. Seja ele em vídeo, animação ou apresentação. Clique aqui e vamos falar sobre sua próxima animação, vídeo ou apresentação!

MonkeyBusiness: seu estúdio de animação. Produtora de vídeo. E agência de apresentações criativas

Estúdio de animação. Produtora de vídeo. Agência de apresentações criativas com Motion Design. Acreditamos na estratégia, roteiro e motion design para uma comunicação mais eficiente, inteligente e, logicamente, animada. www.monkeybusiness.com.br. Veja mais nos nossos canais do Vimeo e Youtube.